Publicado em 25/07/2016 às 23:00 · Destaque

We love 90’s
Tendências dos anos 90 estão voltando e fazendo corações baterem mais forte

O sentimento é de total nostalgia quando pensamos em boybands, colares estilo chokers, calças mom jeans e bandanas, características super marcantes dos anos 90 que, até então, só quem viveu nessa década sabia exatamente o significado de cada uma delas. Mas, como a moda está sempre indo e voltando, em constantes revivals, todas essas coisas, aos pouquinhos, estão aí de novo.

A moda dos anos 90 foi fortemente marcada pelo estilo grunge, que começou bem no início da década, em Seattle, e teve Kurt Cobain como maior ícone. O vocalista do Nirvana usava e abusava das camisas de flanela com estampa xadrez, muitas vezes amarrada na cintura, o jeans rasgado e o bom e velho AllStar, quebrando de vez o estilo pop dos anos 80.Entre as mulheres, destaque para Gwen Stefani, Courtney Love e Shirley Manson, com visuais cheios de personalidade. O grunge foi um movimento tão forte que influenciou até mesmo Marc Jacobs, considerado o “guru do grunge”. O designer transporta até hoje características desse estilo para seus trabalhos.

Além disso, séries de TV como The Fresh Prince of Bel Air (Um Maluco no Pedaço), Beverly Hills, 90210 (Barrados no Baile), Friends, Blossom e as sci-fi The X-File (Arquivo X) e Twin Peaks  tiveram um papel bastante representativo nessa geração e, claro, também serviram de inspiração para muuuitos looks. Quando o assunto é música, impossível não se lembrar do histerismo dos fãs de boys bands como Back Street Boys, Five, N’Sync e Hanson, sem contar com o girlpower das Spice Girls e as coreografias das meninas do Destiny Child – quem nunca ensaiou horas na frente do espelho? Esses são alguns dos motivos que nos levam a amar a volta de várias dessas tendências dos anos 90. E tem muito mais vindo por aí, o que, com certeza, vai fazer seu coração bater mais forte.

via GIPHY

Sereismo

Pode não parecer, mas, quando Gwen Stefani apareceu com cabelos coloridos, lantejoulas na testa e cabelo repartido ao meio em dois coques, ela se tornou um símbolo do chamado Seapunk, um movimento que mistura a psicodelia hippie, com o oceano e a rebeldia punk, que mais tarde deu origem ao chamado sereismo. E já deu pra perceber o quanto essa tendência está aparecendo por aí.

Normcore

Estilo largadão, calças jeans confortáveis. Se você não pensar logo de cara em Steve Jobs ou Jerry Seinfeld (esse mesmo, o da série Seinfeld) não tem problema. Mesmo sendo grandes influenciadores desse estilo, outra boa referência é Rihanna, a rainha contemporânea do Normcore.

Chokers

Acredita-se que as chokers apareceram no século XIX, quando somente os ricos podiam usá-las, por serem cravejadas de diamantes e pérolas, até que, tempos depois, elas foram adaptadas e caíram no gosto popular. Para qualquer lado que se olhasse nos anos 90, lá estava o acessório no pescoço. As chokers são amor antigo e não poderiam ficar de fora desse revival.

Xadrez

Não poderíamos falar dos anos 90 sem falar do xadrez, estampa tão querida por todos. Uma prova de que todo mundo ama xadrez é o fato de ele nunca realmente ter saído de cena, desde que ganhou fama com a ascensão do grunge. A flanela xadrez foi uma das peças mais características desse movimento, que dominou a moda underground daquela época.

T-shirts gráficas

Inicialmente, elas apareceram em alguns desfiles de grifes, como Stella McCartney, até que invadiram novamente o guarda roupa. As t-shirts tinham estampas gráficas ou ainda traziam personagens famosos, como os Looney Tunes, além de cores fortes, e eram o uniforme das pessoas consideradas “cool” nos anos 90. Para arrematar o look, camisa de flanela xadrez amarrada na cintura.

Cabelos Coloridos

Para falar a verdade, os cabelos coloridos nunca saíram realmente de moda… talvez não fossem tão admirados como de uns tempos pra cá. Quem nunca tingiu as madeixas com papel crepom ou pelo menos teve uma amiga que ousou na cor dos fios? Talvez uma das poucas diferenças dos anos 90 para os dias de hoje sejam as colorações, que ganharam também versões mais discretas em tons pastel.

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR!

“Era um biquíni de bolinha amarelinha…”

“Era um biquíni de bolinha amarelinha…”

Glitter me

Glitter me

#TeteATete com Paulo Gustavo

#TeteATete com Paulo Gustavo

No divã

No divã