Publicado em 23/11/2016 às 17:00 · Descobertas

#TeteATete com Rico Dalasam
O queer rapper Rico Dalasam é um dos nomes da nova geração do rap brasileiro

A música brasileira está vivendo um novo momento, uma nova geração que ultrapassa cada dia a barreira dos gêneros, e Rico Dalasam é um representante desse processo. Nascido na periferia de São Paulo e considerado o primeiro queer rapper (“gay que faz rap”) brasileiro, Dalasam começou a carreira nas batalhas de MCs, por volta de 2006, e, por influência de seu irmão mais velho, decidiu se profissionalizar. Antes disso, havia se assumido gay para sua família e amigos, que, ao contrário do que achava, o aceitaram do jeito que é. “Foi muito mais fácil do que eu imaginava. Grande parte dos garotos como eu tem medo da rejeição dos amigos e da família. E, na verdade, todo garoto como eu precisa saber que quem ama a gente, vai amar de qualquer jeito”, diz. Quanto à comunidade rapper… “O rap é uma foto 3×4 da cultura nacional, que é machista e homofóbica, mas o rap é grande e a aceitação da minha sexualidade foi mais positiva do que eu esperava”, conta.

rico-dalasam-henrique-grandi-2016-23

Rico Dalasam é considerado o primeiro queer rap do Brasil (foto: Henrique Grandi)

Com um estilo próprio e muita ousadia na hora de se vestir, Dalasam sempre se interessou por moda e chamava a atenção desde adolescente pelo seu visual diferente. “Desde os 12 anos de idade, eu reconheço uma inquietação na hora de me vestir e no meu comportamento”, revela. A ligação com a moda e a vontade de ser independente fez com que ele trabalhasse como cabeleireiro dos 13 aos 18 anos. No mundo da música sua primeira canção foi um rap sobre a história dele com um garoto, e não parou mais. Na hora de compor suas músicas, busca inspiração na própria vida, e suas letras descrevem todos os pensamentos, sentimentos e vivências de um jovem negro e gay. “Eu quero transmitir aos meus fãs que, apesar de eu não pertencer a nenhum lugar plenamente, a minha música mostra que existe um mundo incrível que é só meu e que cada um tem o seu”, diz.

rico-dalasam-henrique-grandi-2016-29

Além da música, Dalasam sempre se interessou pelo mundo da moda (foto: Henrique Grandi)

Hoje, Dalasam tem sua própria produtora. Ele criou a Modo Diverso Produções com o intuito de ter uma estrutura própria que o aproximasse ainda mais de seu trabalho, podendo acompanhar tudo de perto. No momento, o queer rap está focado no lançamento de seu novo single, “Procure”, que estará disponível a partir de 9 de dezembro em todas as plataformas digitais. Já sabemos que vem coisa boa por aí…

  1. Música da vida? Samurai, do Djavan.
  2. O rap pra mim é… Uma via.
  3. Eu não vivo sem… Meus amigos. Eles são tudo pra mim.
  4. Um sonho que você ainda não realizou… Inúmeros; cada dia chega um novo.
  5. Se fosse presidente do Brasil por um dia, o que você faria? Um dia não dá! (risos)
  6. Sex symbol? Will Smith.
  7. Para mim ter estilo é… Estar confortável com a alma.
  8. Se pudesse reviver um momento, qual seria? Viveria outra vez um dia muito especial que tive em 2005, que não posso dar maiores detalhes. (risos)
  9. Maior medo? Que outra pessoa cumpra a missão que é minha.
  10. Um sonho de consumo? Um salão de beleza.
  11. Maior felicidade? Ouvir minha música tocando nos lugares.
  12. Rola um arrependimento de… Não ter sido igual aos meus fãs quando eu tinha 14,15 anos.
  13. Liberdade para mim é… Saber que eu estou contando minha história do modo mais honesto que eu poderia.
  14. Qual a melhor invenção dos últimos tempos? O meme! (risos)
  15. Quem são seus heróis na vida real? Meus amigos.
  16. Sonho em dividir o palco com… Lulu Santos.
  17. Um ídolo? Lauryn Hill.
  18. Maior orgulho? Eu.
  19. Um fervo? Mc Livinho.
  20. Hashtag da sua vida? #nãochore

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR!

Perguntas dos amigos para Gio Ewbank – parte 1

Perguntas dos amigos para Gio Ewbank – parte 1

#TeteATete com Rico Dalasam

#TeteATete com Rico Dalasam

Transtornadamente divertida

Transtornadamente divertida

Na cama com… Simone e Simaria!

Na cama com… Simone e Simaria!