Publicado em 03/05/2017 às 14:00 · Cultura

Ponto fora da curva
O seu conceito sobre museus vai mudar completamente depois de conhecer essa seleção

Os museus, cujos acervos guardam antiguidades e objetos que fazem parte da história de algum lugar ou país, são conhecidos por serem programas culturais e considerados chatos por muitas pessoas. Agora, já pensou em visitar o museu do sorvete e poder “nadar” em uma piscina de granulados coloridos? Separamos alguns museus bem inusitados que, com toda a certeza, você não sabia que existia.

Museu do Sorvete

Maryellis Bunn, a criadora desse museu, diz que a ideia surgiu a partir de um sonho que teve quando era criança. Com a ajuda de designers e artistas também apaixonados por sorvete, ela se inspirou na arte pop para criar o interior do museu, que fica em Nova Iorque. A diversão é garantida nos brinquedos temáticos, como a câmara de chocolate, a piscina de quase um metro de granulados coloridos e as gangorras de colher de sorvete. Os visitantes ainda encontram sundaes gigantes e podem saborear balões de açúcar comestíveis.

Uma foto publicada por MUSEUM OF ICE CREAM (@museumoficecream) em


Museu do Sexo

O MoSex fica em Nova Iorque e existe desde 2002. Nele, é possível encontrar esculturas de animais em atos sexuais, fotografias, artigos sobre a história do sexo, invenções, obras de arte, roupas feitas de preservativos e objetos antigos, como um cinto de castidade masculino do ano de 1890 que evitava que os meninos se masturbassem, e vibradores do século passado. O museu também oferece obras interativas para os visitantes que não querem apenas olhar, como o pula-pula com seios gigantes e uma parede de escalada com membros, bundas e seios.

Uma foto publicada por Museum of Sex (@museumofsex) em


Museu das Privadas

O Sulabh International Museum of Toilets fica em Nova Delhi, na Índia, e conta a história das privadas – sim, você não leu errado -, mostrando como elas evoluíram nos últimos 4.500 anos. Lá estão expostos diferentes tipos de privadas: de madeira, banhadas a ouro, com joias incrustadas e muitas outras.

 

Museu dos Miojos

Do outro lado do mundo, no Japão, existe o museu de uma das comidas mais fáceis de se preparar: o miojo. No Museu Cupnoodles, os visitantes conhecem a história de como foi feito o primeiro macarrão que deu origem a todos os outros tipos e acompanham de perto o processo de como o miojo é feito. Também é possível criar sua própria versão do alimento, escolhendo o sabor, acrescentando os ingredientes de preferência e personalizando a embalagem. Para as crianças, há um parque interativo onde elas podem ver de perto e participar do processo de produção e transporte do miojo.

954726_486464698095919_2088819565_n(foto: reprodução / Facebook)

Museu dos Patins

No Museu Nacional de Roller Skating você encontra toda a história dos patins. Ele fica em Nebraska, nos Estados Unidos, e conta com uma enorme coleção de fotografias, documentos, medalhas, patentes, troféus, obras de arte e trajes, além de arquivos de competições locais, regionais e internacionais. Também estão expostos todos os modelos de patins antigos, recordações de pistas de patinação, patins inline de 1819 e várias inovações e experiências. Dá até vontade de sair patinando por aí.

(foto: reprodução / site oficial)

(foto: reprodução / site oficial)

Museu dos Corações Partidos

O Museu dos Corações Partidos fica na Croácia, mas já passou por vários países. Seu acervo reúne uma coleção de objetos doados depois de términos de relacionamentos, como fotos, bichos de pelúcia, aliança, vestido de noiva e cartas de amor. Todos os objetos têm uma descrição ou um relato do relacionamento acabado. Há algumas coisas que são mais inusitadas, como uma prótese de perna de um veterano de guerra que se apaixonou pela enfermeira e um machado usado por uma mulher para destruir os móveis da ex-namorada,  que se apaixonou por outra. Seria triste se não fosse cômico.

13151741_1070368163023033_4691428209795279630_n(foto: reprodução / Facebook)

Museu da Arte Ruim

O MoBA foi criado em 1993 pelo casal Michael Frank e Louise Reilly Sacco, quando viram uma pintura que julgaram ser tão ruim que os fez querer exibi-la para todo mundo. O Museu da Arte Ruim está localizado em Massachusetts, nos Estados Unidos, no porão de um teatro. Nele, estão reunidas as 600 obras tão horríveis que mereceram um lugarzinho só para elas. Ironicamente, o museu se intitula como o “melhor estabelecimento de arte ruim do mundo”.

264723_4374610441088_1746066971_n(foto: reprodução /  Facebook)

 Museu das Bruxas

O Museu das Bruxas fica na Espanha e é realmente assustador! Seu acervo tem mais de 300 itens macabros, incluindo livros, imagens, bustos antigos, supostos venenos e ingredientes usados em poções e feitiços, além de esqueletos que teriam feito parte de rituais. Há também uma seção com livros que pertenceram a bruxas, que contam sobre a vida delas e trazem até ilustrações em algumas páginas.

(foto: divulgação)

(foto: divulgação)

TAGS: , ,

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR!

Noite das estatuetas

Noite das estatuetas

Look do dia: inovação com criatividade

Look do dia: inovação com criatividade

Xeque-mate

Xeque-mate

Genialidade x2

Genialidade x2