Publicado em 03/11/2016 às 16:00 · Descobertas

Ouro da terra
Encontrado na região do Jalapão, no Tocantins, o capim dourado é uma das preciosidades do Brasil

O Brasil nos reserva inúmeras belezas naturais e conta com uma variedade tão vasta de lugares para visitarmos que alguns chegam a fugir do nosso conhecimento. É o que acontece com o Jalapão, localizado no estado de Tocantins. A cidade está situada no coração do cerrado brasileiro e abriga cachoeiras e fervedouros de águas cristalinas, mas o que é considerado de mais precioso no Jalapão é o capim dourado.

575397_668870239805845_1640065622_n

Foto: Reprodução / Facebook

Apesar do nome, o capim dourado é uma espécie de sempre-viva, que nasce apenas em solo brasileiro — mais especificamente no cerrado tocantinense. Durante muitos anos, ela foi uma planta sem muita importância, quase imperceptível, mas, em meados do século XX, a sempre-viva ganhou forma nas mãos dos ex-escravos remanescentes de quilombos que habitavam a comunidade de Mumbuca, na região de Tocantins, dando início à prática do artesanato com o capim dourado.

10439394_103842926614252_6625514930123358080_n

Foto: Reprodução / Facebook

1456635_788390811187120_1259948901_n

Foto: Reprodução / Facebook

Por possuir uma cor semelhante ao ouro, o capim dourado tornou-se matéria-prima na confecção de joias e objetos de decoração, passando a ser considerado o verdadeiro ouro do Jalapão. As mãos mágicas dos artesãos transformam a palha do capim dourado em múltiplas coisas, como brincos, pulseiras, colares, vasos, bolsas… Tudo o que você possa imaginar! O encanto pelas peças confeccionadas foi tanto que a produção se expandiu para diversos lugares do Brasil e até para outros países, como Argentina e Indonésia. Com a expansão da procura pelo produto, o Instituto Natureza do Tocantins definiu algumas regras para a colheita do capim dourado, descritas na Portaria 362/2007, na qual diz que mesmo nascendo durante todo o ano, a sempre-viva só deve ser colhida entre os meses de setembro e novembro, quando ocorre a maturação das sementes. Todo esse cuidado é para evitar que o capim dourado entre em extinção, como já aconteceu com outros recursos exclusivos do nosso país, a exemplo do pau-brasil.

253361_668872979805571_157265777_n

Foto: Reprodução / Facebook

1377517_757307704295431_1653065527_n

Foto: Reprodução / Facebook

Além de transformar-se em peças-chave no guarda-roupa de muitas mulheres, o capim dourado é a única fonte de renda para a maioria das famílias que habita as comunidades do Jalapão, que são os principais produtores das peças. Por isso, a Associação Capim Dourado foi criada, no ano de 2000, com o objetivo de manejar adequadamente o capim dourado, onde a exportação do produto “in natura” não é permitida, mas das peças já confeccionadas, estimulando a comercialização do artesanato na região do Parque Estadual do Jalapão.

 

Foto da home: Reprodução / Facebook

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR!

Matando a curiosidade

Matando a curiosidade

Eu arrumo, tu arrumas

Eu arrumo, tu arrumas

Uma pitada de glamour

Uma pitada de glamour

Altas doses de risada

Altas doses de risada